10 dicas para um especialista em RH iniciante

mulher fazendo entrevista

Funcionários devidamente selecionados são a chave para o sucesso de qualquer negócio, empresa, empresa e projeto. Em grandes corporações, departamentos inteiros lidam com a busca e atração de novos funcionários, e esse processo é uma das principais posições na estratégia de desenvolvimento da empresa.

Conduza corretamente uma entrevista e encontre a pessoa certa para o lugar vago – toda a arte. Mas se você é um iniciante de RH, você não deve se preocupar. Mas para ler o conselho de especialistas e se preparar adequadamente para entrevistar os candidatos é necessário. Na compilação, compilamos para você recomendações sobre os pontos e truques básicos que os recém-chegados precisam saber para realizar entrevistas bem-sucedidas.

1. Entenda quem você está procurando

Para fechar uma vaga com um especialista adequado, você deve entender claramente quem precisa. Para isso, não basta saber o nome da vaga e o conjunto de tarefas que uma pessoa deve realizar. Você precisa se transformar em um astrólogo e colocar um mapa mental real em que você vai escrever quem você precisa.

Você deve estar interessado no candidato. Não pontualidade, incriminação, agressão, contradições são inadmissíveis

Leve em conta os detalhes: idade, habilidades, qualidades pessoais, experiência de empregos anteriores, educação, a oportunidade de aprender. Faça um retrato do funcionário ideal antes de começar a se reunir com os candidatos para o cargo. Por isso, será muito mais fácil escolher o especialista certo para essa posição específica.

2. Prepare-se para a entrevista

Não apenas o candidato deve se preparar para a entrevista, mas também a pessoa que irá conduzi-lo. Você deve entender claramente a estrutura da entrevista, ter uma lista pré-preparada de perguntas:

  • Pergunte sobre a experiência de trabalho passada.
  • Não pergunte quebra-cabeças, as perguntas devem ficar claras
  • Pergunte sobre metas para o futuro próximo.
  • Especifique o motivo da mudança de trabalhos
  • Discuta o cronograma / condições de trabalho / salário

Lembre-se: a lista de perguntas deve ser feita para que, na final, você possa avaliar o candidato com base nas informações recebidas sobre suas habilidades, nível de motivação, qualidades pessoais. Também é muito importante preparar uma sala para a entrevista – para ventilar, verifique a presença de cadeiras. Você deve ter ordem completa em tudo.

3. Construa a estrutura da entrevista

A sequência correta dará integridade à entrevista e ajudará você a reunir as informações necessárias sobre o candidato para a vaga.

Estrutura clássica da entrevista:

  • conhecimento
  • a história do candidato sobre si mesmo
  • uma série de perguntas do recrutador
  • história do recrutador sobre a empresa e a vaga
  • entrevista final, estabelecendo feedback
  • análise de resultados

4. Escolha uma técnica

Existem técnicas de entrevista padrão. Mas aqui as opiniões dos especialistas divergem: alguém prefere um tipo, alguém em geral recomenda não usar esses métodos e desenvolver o seu próprio.

Aqui está uma lista de técnicas de entrevista padrão:

Entrevista estruturada

Uma das formas mais comuns. Esta técnica é simples, eficaz e tem ampla aplicação no campo do recrutamento. O método envolve uma entrevista sobre questões pré-preparadas, sem improvisações.

Entrevistas para determinar o nível de habilidades

Envolve a formação de uma lista completa de habilidades do candidato. Anote as habilidades que o candidato deve possuir e avalie cada posição na escala estabelecida. Este método ajudará a evitar a avaliação subjetiva.

Entrevista de estresse ou entrevista provocativa

Usado somente se o trabalho oferecer condições estressantes. Este método consiste em colocar o candidato em um estado estressante e verificar como ele pode se comportar fora da zona de conforto. Conduzir tal entrevista requer habilidades especiais e experiência do recrutador.

Entrevista CASE (entrevista situacional)

Tal entrevista consiste em questões que envolvem atribuições, respostas detalhadas com exemplos práticos e situações de modelagem.

Entrevista projetiva

Esta é uma técnica para testar modelos comportamentais. Faça perguntas relacionadas ao tópico em geral e não especificamente ao candidato. Por exemplo, em que condições os funcionários aumentam a eficiência? Que erros as pessoas cometem no trabalho?

Os especialistas mais experientes e bem-sucedidos no campo de recrutamento recomendam misturar esses métodos e usá-los individualmente para cada vaga. Deve-se ter em mente que, para diferentes especialidades e vagas, você precisa de sua própria abordagem.

5. Seja o iniciador da conversa

Lembre-se de que definir o tom da entrevista é apenas sua tarefa. Escolha o ritmo certo da entrevista, humor. Você precisa fazer contato e revelar a pessoa. É bom que o candidato sinta a iniciativa vindo de você e entenda que é você quem controla a entrevista. Os especialistas recomendam criar uma atmosfera neutra e comercial com um tom amigável e emocional. Você deve estar interessado no candidato. Não pontualidade, exposição a mentiras, agressividade, contradições são inaceitáveis.

6. Ouça e observe

80% do tempo que você tem que ouvir, o candidato falará. Mas você precisa direcioná-lo na direção certa e não dar desvios do assunto. O candidato deve falar em essência e responder claramente às perguntas feitas. Sua tarefa é obter o máximo de informações possível, então pergunte ao longo do caminho outras perguntas que surgem das respostas do candidato.

Se você viu que os olhos do candidato se iluminaram e houve um interesse genuíno na vaga – você fez o seu trabalho

Também é muito importante observar como o candidato se comporta. Ser capaz de ler a linguagem corporal e entender o significado de expressões faciais e gestos é importante tanto para obter informações adicionais sobre uma pessoa, suas qualidades pessoais e psicofonistas, quanto para entender se você conseguiu criar uma atmosfera ideal e condições confortáveis ​​para uma entrevista. Aqui o conhecimento de psico-tipos e suas manifestações no comportamento será útil para você.

Uma boa ajuda no trabalho será a capacidade de compreender as peculiaridades dos personagens das pessoas, sensivelmente sentir o tempo, contextos culturais, nacionais e sociais em que o candidato vive, entendendo as características de representantes de diferentes gerações e grupos étnicos.

7. Apresentar uma empresa

Uma parte muito importante da entrevista é a apresentação da empresa e a vaga. Para preparar este discurso deve ser abordado com especial responsabilidade. Sua tarefa é interessar uma pessoa em um trabalho e formar uma compreensão correta das peculiaridades do trabalho pela frente. Conte-nos sobre a filosofia da empresa, ética corporativa e política. Dê informações sobre os requisitos para o candidato e os bônus que ele receberá por ele.

Após a sua apresentação, o candidato deve ter uma idéia correta de onde ele irá trabalhar, com quem, o que ele fará, como subir na carreira. E o mais importante – ele deve querer ficar com você e fazer esforços para conseguir uma posição. Se você viu que os olhos de uma pessoa se iluminaram e apareceu um interesse genuíno em uma vaga, você enfrentou a tarefa. Agora é importante analisar os dados da entrevista e ver se o candidato atende aos requisitos da campanha.

8. Aprecie seu tempo e o de outras pessoas

Além do fato de que sua entrevista deve ser estruturada, deve ser cronometrada. A abordagem de negócios envolve um tempo pré-planejado que é alocado para a entrevista. Atenha-se ao tempo, e se você ver que o candidato claramente não corresponde à vaga, não perca tempo – tente completar a entrevista corretamente e seguir em frente para encontrar o próximo candidato.

Sua tarefa é encontrar um profissional para a posição e não criar uma zona de conforto para conversas agradáveis.

Muitas vezes, há situações em que uma pessoa está muito nervosa e não pode responder a perguntas, tal entrevista também deve ser devidamente encerrada sem demora.

9. Finalize a conversa corretamente

Do parágrafo anterior, procedemos sem problemas à habilidade que cada recrutador deve possuir – a capacidade de concluir a entrevista. Independentemente de o candidato se aproximar de você ou não, ele deve apresentar as melhores impressões sobre você e sua empresa. Lembre-se: você é o rosto da empresa, e se a pessoa tiver uma má impressão após a entrevista, ele irá falar sobre você para seus amigos e conhecidos, o que pode afetar gravemente a imagem da sua empresa.

10. O que evitar

Em qualquer negócio há momentos perigosos e armadilhas que devem ser evitadas. Aqui estão os principais pontos que não devem estar em sua entrevista:

  1. Não tome decisões, guiado pela intuição. Apenas dados sóbrios de analistas obtidos na entrevista.
  2. Esqueça os relacionamentos pessoais. Em matéria de recrutamento de pessoal, você não pode ter conhecidos, amigos, aqueles que você simplesmente gosta, ou vice-versa, aqueles que você não gosta. Apenas uma avaliação objetiva do candidato para o cargo.
  3. Não coloque uma pessoa em uma posição desconfortável, não o pegue em alguns pontos, não se importe, mesmo que saiba que ele está mentindo. Todas as conclusões que você tem que fazer depois de fechar a porta do escritório e ficar sozinho.
  4. Lembre-se de que as perguntas estão corretas, não toque em tópicos proibidos. Isso é importante.
  5. Estude a lista de perguntas que não devem ser feitas às pessoas na entrevista. Entre eles, há até uma lista de tópicos que você não tem o direito de tocar com base na legislação do nosso estado.

E nunca se esqueça da regra de ouro de todos os especialistas em RH: não há pessoas boas ou más, nem bons nem maus especialistas. Para você, essas pessoas são adequadas ou não para uma posição aberta específica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *