Como montar uma carta de recomendação

jovem elaborando um texto

Uma carta de apresentação convincente em alguns casos pode desempenhar um papel não menos importante do que um resumo ao convidá-lo para uma entrevista. Propomos chamar a atenção para cinco pontos que são importantes lembrar ao compor tal carta.

1. Uma carta de apresentação deve sempre ser enviada.

Uma carta de apresentação deve ser enviada mesmo que o requisito não esteja especificado no texto da vaga. Em alguns casos, os empregadores podem nem chegar ao seu currículo se você não tiver uma pequena carta com ele.

O texto não é inserido em um arquivo separado, mas diretamente no corpo da carta, ou enviado no formulário apropriado, se você responder à vaga através do portal de emprego, onde existe tal função. É especialmente importante enviar uma carta de apresentação se você é um estudante, um graduado sem experiência de trabalho, está planejando mudar sua linha de negócios ou deseja conseguir um emprego para o qual sua formação profissional, como você pensa, pode não ser suficiente. Essa carta também é absolutamente necessária se você quiser conseguir um emprego em uma empresa internacional.

2. A carta deve ser curta e concisa

O texto da carta deve consistir em vários parágrafos nos quais você explica concisamente quem você é, como suas qualidades serão úteis para a empresa e por que você quer trabalhar nesta empresa. Use um estilo animado, escreva de você mesmo, mas curta isso. O tamanho da letra não deve exceder meia página.

3. A carta deve mostrar os benefícios do seu empregador

Antes de fazer uma carta, pense em quais são seus maiores pontos fortes e vantagens sobre os outros candidatos que estão se candidatando a esse trabalho. Ao descrever quem você é, por que você quer trabalhar para a empresa e por que a empresa deve contratá-lo, concentre-se em como essas qualidades profissionais e pessoais serão úteis no trabalho da empresa.

4. A carta deve ser única

Empresas diferentes têm requisitos diferentes, mesmo para cargos semelhantes. Também vale a pena considerar ao compor uma carta. Antes de mais nada, releia a lista de requisitos e compare-os com seu currículo, analise qual especialista a empresa está procurando. Em sua carta, enfatize exatamente as qualidades que melhor atendem aos requisitos. Também vale a pena prestar atenção às chamadas “palavras-chave” – ​​os termos que a empresa usa para descrever os requisitos para o candidato. Inclua-os na sua carta.

5. A carta deve demonstrar seu interesse

Mostre na carta que é impossível exibir no resumo. Mostre seu sincero interesse no trabalho, concentre-se nos resultados. Esses recursos ajudarão a interessar seu empregador, chamarão a atenção para sua candidatura e poderão ser um argumento adicional para convidá-lo para uma entrevista.

Montando uma carta de apresentação convincente

Nos últimos anos, uma carta de apresentação tornou-se um elemento indispensável na colocação profissional. Alguns RHs nem abrem o currículo do candidato se ele não tiver escrito uma carta de apresentação. A este respeito, os especialistas em emprego aconselham sempre submeter tal carta, mesmo que este requisito não esteja especificado na vaga. Esta é uma boa maneira de chamar a atenção para o seu currículo , complementar sua imagem profissional e se destacar entre outros candidatos.

Por que escrever para um empregador e o que é uma carta de apresentação?

A carta é um pequeno texto (menos da metade A4), que o candidato envia junto com um currículo por e-mail. Como regra geral, a carta não é enviada como um anexo separado, mas é o corpo do email. Se você enviar um currículo através do portal de emprego, então, como regra, você receberá um formulário para a carta.

O candidato deve descrever-se brevemente, sua experiência e habilidades profissionais, bem como explicar por que ele quer trabalhar na empresa onde ele envia seu currículo.

Quem deve escrever uma carta ao empregador? Em geral, uma carta para o currículo vale a pena escrever para todos.

Mas sua presença é especialmente importante em três casos:

– se o currículo for enviado por um estudante ou um recém-formado sem experiência profissional. 
Como regra geral, tais candidatos não têm nada para se gabar em um currículo, portanto, uma carta é uma ótima maneira de mostrar seu desejo de trabalhar e ganhar experiência, para falar sobre si mesmo mais do que um currículo permite;

– se o candidato mudar o escopo de atividade e enviar um currículo para uma posição para a qual ele claramente não tem experiência. 
Neste caso, a carta é uma oportunidade para mostrar sua motivação, dizer por que você quer mudar o escopo e que tipo de experiência / conhecimento você já tem para trabalhar em uma nova profissão.

– se uma pessoa reclamar por isso ou por uma posição em uma grande empresa internacional. 
Eychary em tais empresas presta atenção em como o candidato se apresenta. É possível que a carta tenha que escrever em inglês.

Estrutura da Carta de Apresentação

Não há um padrão padrão para uma carta de apresentação, mas você pode ver exemplos deles na Internet. O que escrever na carta? O principal é que no texto você responde a três perguntas básicas. O primeiro é quem é você? Em segundo lugar , por que você precisa de empresas? E terceiro , por que você precisa dessa empresa?

Tenha em mente que uma boa carta de apresentação não é uma cópia simplificada de um currículo. Tem um caráter mais pessoal e lhe dá a oportunidade de revelar aquelas nuances que você não pode mostrar no resumo. Com isso, você pode prestar uma atenção especial aos seus pontos fortes do empregador. Além disso, essa é uma chance adicional de convencer o empregador de que você é o candidato ideal, mesmo que você não tenha experiência ou qualificações suficientes. Na carta de apresentação ideal, você deve mostrar seu interesse, atividade e desejo de trabalhar na empresa.

O que o empregador deve ler sua carta de apresentação?

1. Concisão

A carta de apresentação deve ser alfabetizada e curta. O tamanho da letra não deve exceder meia página. A carta deve indicar clara e concisamente suas melhores qualidades e o que você pode oferecer à empresa.

2. Um pouco sobre pessoal

Conte-nos em uma carta de apresentação não apenas sobre suas melhores habilidades profissionais, mas também sobre fortes características pessoais – atividade, foco nos resultados, capacidade de trabalho. Isso irá complementar a impressão positiva de você. Lista sucinta dos recursos que você não pôde incluir no currículo. Depois de visualizar os dois textos, o empregador deve desenvolver uma visão holística de como suas qualidades profissionais e pessoais ajudarão o trabalho da empresa. No entanto, evite expressões comuns. Apoie suas palavras com pequenos exemplos generalizados de seu trabalho e vida.

3. Entusiasmo

Certifique-se de enfatizar o interesse para esta empresa e posição, e também explicar por que lhe interessa. Então, se você tiver um flash de conhecimento sobre um projeto de empresa em particular, suas chances de conseguir uma entrevista aumentarão imediatamente. Por exemplo, se você escrever que considera uma empresa um líder em seu campo, um exemplo de projeto que impressionou você só confirmará suas palavras. Plus – mostre imediatamente seu interesse.

4. Estilo de vida

Não use projetos administrativos e complexos. Escolha um estilo leve e expressões animadas. Escreva de você mesmo. Isso é melhor se você imaginar que está tendo uma conversa com seu futuro empregador. Não exagere e permaneça dentro do estilo de negócios.

5. Lista de recomendações

Se você está se estabelecendo em uma grande empresa, o mais provável é que o RH lhe peça para dar contatos a pessoas que possam lhe dar recomendações. Se você ultrapassar o seu pedido e incluir esses dados você mesmo na carta de apresentação, isso imediatamente adicionará peso à sua candidatura e aumentará suas chances de conseguir um convite para uma entrevista.

6. Abordagem individual

Uma carta de apresentação, ainda mais do que um currículo, requer uma abordagem original e adaptação para cada posição individual que você está se candidatando. Isso exigirá um pouco de preparação. Antes de escrever uma carta, tente entender exatamente o que a empresa está procurando. Leia atentamente os requisitos e escreva os mais básicos. Combine-os com suas habilidades e concentre-se neles (não se esqueça de exemplos de apoio!). Use na carta as chamadas “palavras-chave” – ​​os termos básicos pelos quais a empresa descreve os requisitos para o candidato.

7. Apenas informações relevantes

Não inclua na carta de apresentação informações extras que não estejam diretamente relacionadas ao trabalho. O texto deve conter apenas uma descrição concisa de suas qualidades mais fortes, não informações pessoais ou hábitos domésticos.

8. Unicidade para a empresa

O tempo todo, lembre-se de que a empresa, antes de mais nada, quer saber exatamente o que receberá, levando-o ao trabalho, e não o que deseja receber. Vale a pena lembrar, mesmo quando você fala sobre por que você quer trabalhar nesta empresa. Transforme sua justificativa para sua escolha em “ofertas exclusivas” para a empresa. Por exemplo, se você escrever que seu trabalho é uma vocação à qual dedicou muitos anos de vida, preste atenção ao seu empregador sobre como você pode usar seus muitos anos de experiência para aumentar a eficiência da empresa.

9. informações de contato

Apesar do fato de seu currículo conter suas informações de contato, ainda as duplique na própria carta. Deixe o empregador ter tantas oportunidades para entrar em contato com você rapidamente.

10. Princípio SMART

Para entender melhor como formular suas conquistas, sucessos ou qualidades fortes em sua carta, tente usar o chamado. Princípio SMART. Esse é um método bem conhecido de definir metas “inteligentes”, que podem ser de grande ajuda ao escrever seu texto. Baseia-se em 5 princípios básicos.

S (específico) – específicos. Elimine as expressões gerais da carta. Fale sobre suas experiências e realizações. Esqueça as frases do estilo: “Sou um profissional motivado”. Escreva com mais precisão: “Tenho trabalhado em vendas há mais de 15 anos. No último local de trabalho, consegui aumentar as vendas em 40% devido à implementação bem-sucedida do novo sistema de CRM, o que nos permitiu obter mais dados sobre o comportamento do cliente.

M (mensurável) – mensurabilidade. Tente usar o número máximo de categorias mensuráveis ​​na carta. Por exemplo, números, porcentagens, termos etc. Em poucas palavras, se você conseguiu aumentar o tráfego do site em um trabalho anterior em 30%, não se esqueça de indicar isso. Números precisos são muito mais convincentes para um empregador do que apenas palavras.

A (atingível) – alcançabilidade. Não escreva na carta o que você provavelmente não será capaz de alcançar nesta posição. Descreva objetivos específicos, não fantasias.

R (Relevante) – relevância. Inclua na carta apenas informações importantes para o empregador que lhe mostrarão o melhor lado. Sua experiência como viajante ou realização em yoga não incomoda menos

T (limite de tempo) – limitado no tempo. Este é outro elemento que ajudará a preencher sua carta com detalhes. Indique o período de tempo para o qual você conseguiu alcançar determinados resultados. Desta forma, você demonstrará quão eficaz seu trabalho pode ser.

9 truques para sua carta de apresentação ser notada

Apesar do pequeno volume, escrever uma carta de apresentação é um processo bastante laborioso. Ao mesmo tempo, você nunca sabe ao certo se o seu empregador vai lê-lo. A especialista em busca de emprego Alison Doyle dá algumas dicas simples sobre como obter uma carta de agradecimento ao seu empregador e convidá-lo para uma entrevista .

1. Selecione a fonte apropriada.

Escolha entre fontes comerciais típicas, como Arial ou Calibri. Não tente destacar sua capa com uma fonte incomum – é mais provável que essa carta vá para a cesta do que texto, decorada em estilo comercial.

2. Mantenha curto

Uma letra longa provavelmente não será lida. Alguns parágrafos são bastante onda para definir as informações que o empregador está esperando para ver na sua carta. Se o seu texto ocupar mais de uma página, não tente compactá-lo com a redução do tamanho do pino. Edite a carta, descarte palavras desnecessárias ou reformule frases.

3. Deixe espaço livre no texto.

Outra maneira de tornar o texto mais legível é deixar espaço livre entre a saudação, o texto principal e sua assinatura. Uma carta estruturada dessa maneira atrai muito mais atenção do que um texto sólido.

4. Siga o mesmo estilo. 

Use a mesma fonte e tamanho na carta de apresentação do currículo. Portanto, ambos os textos parecerão limpos e profissionais.

5. Lembre-se das palavras-chave

Não se esqueça das chamadas palavras-chave – os termos básicos pelos quais a empresa descreve os requisitos para o candidato. Combine-os com suas habilidades e escreva na carta de apresentação. A probabilidade de um empregador prestar atenção ao texto com termos familiares é muito maior.

6. Use balas

Essa é outra boa maneira de facilitar a leitura e chamar a atenção. Faça uma parte da sua carta na forma de uma lista. Assim, o seu texto não se fundirá em um, e a visão do empregador obterá imediatamente as informações necessárias.

7. Deixe os contatos

Sem detalhes de contato, seu e-mail ficará incompleto. Além disso, será mais fácil para o empregador contatá-lo com os contatos que estão escritos e na carta de apresentação. Escreva todos os seus dados, mesmo que eles já estejam no currículo.

8. Dê uma lista de recomendações

Escreva na sua carta de apresentação uma lista de pessoas que podem recomendá-lo, aumentando assim o nível de confiança em sua candidatura. Muito provavelmente, você será questionado sobre esses contatos de qualquer maneira, mas se esses dados forem imediatamente introduzidos na carta, isso significa que sua reputação profissional não deve causar dúvidas. Além disso, dará ao empregador a oportunidade de formar uma impressão mais completa de você.

9. Envie uma carta de teste

Certifique-se de que seu trabalho não foi em vão e que todas as tinturas de edição foram salvas corretamente. Além disso, é uma boa maneira de olhar a letra com um novo visual e ter certeza de que é fácil de ler.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *