flecha no alvo

5 passos para desenvolver um bom hábito

Para desenvolver um novo hábito, muitas vezes é necessário superar as dificuldades. Começar algo diferente, manter-se motivado pode ser um verdadeiro desafio.

No entanto, mudar nossos hábitos significa mudar vidas, diz o blogueiro de produtividade Leo Babauta. Em seu blog, ele falou sobre cinco etapas simples sobre como mudar seus hábitos.

Se você quer perder peso, se livrar da procrastinação, escrever um livro, levar um estilo de vida saudável … você precisa desenvolver hábitos.

Felizmente, esse processo é mais simples do que a maioria das pessoas pensa. Mais fácil, mas não mais fácil: você deve se sintonizar e realmente querer mudar alguma coisa. Caso contrário, você simplesmente desiste da ideia quando se depara com dificuldades.

Super pequeno começo

Concentre-se em apenas um hábito e comece com um pequeno passo. Quão pequeno? Apenas medite por 2 minutos. Basta escrever dentro de 5 minutos. Faça apenas 5 flexões, etc. Se você começar pequeno, você não resistirá tanto ao começo. E esta é a parte mais difícil. Eu costumava dizer para mim mesmo: “Apenas coloque seus sapatos e saia pela porta.” Foi assim que eu criei o hábito de correr. Mais tarde consegui correr várias maratonas e uma ultra maratona. Para meditação, eu digo para mim mesmo: “Apenas sente no travesseiro”.

Eliminar a escolha

Não considere um novo hábito todos os dias. Decida fazê-lo com antecedência na mesma hora todos os dias, pelo menos por um mês. Pense em um gatilho de sua vida diária (por exemplo, despertar, tomar banho, fazer café, almoçar, o que for). Use isso como um momento “quando”. Por exemplo, “quando eu acordar, meditarei por 2 minutos”. Coloque lembretes escritos perto de onde seu gatilho está localizado, como uma cafeteira ou porta do banheiro. A principal coisa – para tomar uma decisão de fazê-lo todos os dias e, em seguida, basta seguir o que se pretende, sem pensar a cada minuto.

Leia também  Entrevista por telefone: as 10 regras mais importantes

Adicionar responsabilidade a alguém

Encontre pelo menos uma pessoa com quem você possa falar sobre seus sucessos e se sentirá responsável por ele. Isso pode ser um grupo de amigos ou um parceiro em execução. Não importa como você o organiza, mas ajudará a manter o plano.

Faça um hábito de entretenimento

Não trate o hábito como um dever. Pense em como você pode se divertir. É muito mais provável que uma nova lição se torne um hábito se você se concentrar em pontos que você gosta, e não apenas tentar removê-lo rapidamente da sua lista de tarefas.

Entenda as razões

Entenda por que você quer fazer esse hábito? Você quer ajudar alguém? Você está fazendo isso por si mesmo para ser mais saudável ou feliz? Se você faz isso porque acha que deveria, ou porque parece legal, o hábito pode não durar muito. Pense nas suas profundas razões.

Hábitos que trarão mudanças úteis na vida

Você pode se sentir mais feliz, mais enérgico e mais produtivo se fizer pequenas mudanças em sua vida? O autor do livro Intelligence 2.0 Travis Bradbury acredita que os pequenos hábitos podem orientar qualquer pessoa na direção certa. Em sua coluna no site The Entrépreneur,   ele falou sobre 10 hábitos que vão ajudar nisso.

1. Fique longe de pessoas que estão envenenando sua vida.

Em nosso meio há sempre pessoas “tóxicas”. Deles, nós apenas ferver. Tente evitar esse efeito negativo. Toda vez que você pensa nessas pessoas, tente mudar para alguém que é importante para você e a quem você é grato na vida. Há muitas pessoas no mundo que merecem sua atenção, concentram seus pensamentos e atenção nelas e não em seus conhecidos “tóxicos”.

2. Sem telefones, tablets e computadores na cama

Este hábito afeta seriamente seu sono e produtividade. A luz dos aparelhos afeta o equilíbrio da calma e do vigor – o corpo não entra numa fase silenciosa e você dorme mais ansiosamente. Todos sabemos que efeito negativo o sono ruim tem em nossa produtividade. A maneira mais fácil é parar de usar os dispositivos após o jantar ou algumas horas antes de dormir.

Leia também  6 métodos infalíveis de como dizer não no emprego

3. Aprecie o momento

Aprenda a apreciar o que você tem neste momento. Se você não aprender agora, então no futuro também será difícil aprender a apreciar o que você está procurando.

4. Reconheça que as coisas e situações nem sempre são como as percebemos.

Este é outro lado da capacidade de apreciar o momento. As pessoas que você inveja por causa de sua “vida ideal” podem enfrentar muitos problemas por trás da porta fechada. A idealidade é uma ilusão. Uma situação que pode parecer um fracasso pode ser um ótimo começo. Portanto, esteja aberto às possibilidades que a vida prepara para nós: o que pensamos nem sempre é o que acabamos.

5. Basta começar, mesmo que tenha medo do fracasso.

As ideias precisam de tempo para evoluir. Muitas vezes ficamos pendurados porque nossas ideias não são perfeitas e o resultado pode não ser tão bom quanto esperamos. Não ceda ao perfeccionismo – dê uma chance aos seus projetos para melhorar. Para fazer isso, pelo menos, comece.

6. Seja organizado

Desorganizado leva muito tempo. Nós adiamos algumas coisas várias vezes (por exemplo, escrevendo uma carta, preenchendo um cartão postal ou recibo), e gastamos ainda mais tempo para encontrá-las entre uma pilha de papéis. Pare de adiá-los “para lugar nenhum”, organize suas listas, papéis e assuntos cotidianos para estar pronto para lhes dar tempo, em um minuto.

7. Obtenha uma coleção de coisas que te inspiram

Você se deparou com uma citação que ressoa com seu mundo interior ou o faz feliz? Ou viu uma foto linda? Organize-se um lugar onde você irá armazenar todas essas coisas, independentemente de se tratar de uma pasta em sua área de trabalho, notebook ou caixa de madeira tradicional. Voltando a eles, você sempre encontrará uma fonte de inspiração.

Leia também  Como se encontrar e ser você mesmo

8. Arranje tempo para você

Que horas são? Este é o momento em que você faz coisas que considera mais agradáveis ​​e naturais, que permitem que você relaxe, e você as faz apenas por si mesmo. Pode ser qualquer coisa – esportes, ioga, dança, ler um livro. Encontre pelo menos algum tempo para esses momentos. Eles te encherão de energia.

9. Aprenda a dizer não.

Estudos mostram que quanto mais difícil for a pessoa dizer a palavra “não”, maior a probabilidade de estresse, esgotamento e depressão.

10. Defina metas realistas.

Com que frequência as pessoas dizem em janeiro: “até março eu vou largar 10 kg”? Objetivos grandes e loucos podem ser muito inspiradores até você perceber que não pode alcançá-los. Então, em vez de inspiração, vem o desapontamento e a culpa. É claro que isso não significa que você não deva estabelecer grandes objetivos, mas uma pitada de realidade não os prejudica.

Post criado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo